#Project333 – O que eu aprendi e o que acontece daqui pra frente

Pra quem acompanha meu blog (se você ainda não conhece, entra lá! Só clicar aqui), viu que semana passada terminei meu #Project333 (quer saber mais? Entrá aqui no meu post, onde explico tudinho! 🙂 )

Nos últimos 3 meses lidei com ondas de calor, vontade de comprar algo só por comprar (somos seres humanos…), vontade de parar no meio e desistir, e no final tive uma “epifania” e doei e vendi um monte de coisa.

Aprendi que tenho bastante coisa e que, antes de começar meu projeto, não estava usando toda minha criatividade – quem nunca abriu o armário e pensou “Não tenho o que vestir!” Posso dizer com toda certeza que, depois desses 3 meses, não tem como falar isso! Sabe quando você vai num restaurante e tem tanta opção que não sabe o que pedir? O mesmo acontece quando você tem muita roupa. Por isso fiz uma primeira limpeza mesmo sem ter voltado a usar as roupas, e agora, que o projeto acabou, é o teste final, preciso ver o que realmente estou usando, usar de jeitos diferentes, pra valer a pena ter no armário.

Não posso ter certeza absoluta do que virá no futuro, mas, como próximos passos, quero deixar registrado aqui 2 coisas que tenho a intenção de fazer:

  1. Usar tudo que tenho no meu armário, de verdade, vou literalmente virar o cabide de tudo que eu usar pra ver se eu realmente estou usando tudo, e se eu não estiver, vou doar/vender/trocar, enfim, roupa parada no armário não dá! E não só roupa, isso vale pra sapato, bolsa, bijuteria…
  2. Comprar uma peça se eu conseguir montar no mínimo 3 looks com ela – o ideal é 5, mas a partir de 3 já está valendo a pena. A verdade é que não sinto vontade nenhuma de comprar em lojas de fast fashion, estou para descobrir alguns brechós que conheci no Instagram nesses meus 3 meses, então precisa ser uma mistura da versatilidade da roupa com bom preço.

E não vou deixar de postar looks do dia só porque meu projeto acabou, alias, dadas essas 2 metas acima que pretendo cumprir, vou postar looks sim!

Além disso, tem novidade vindo por ai, ainda não posso contar mas são muito boas!! Fiquem ligados! 🙂

Então é isso! Quem ai está disposto a fazer o desafio? Me conta nos comentários, quero saber!

 

Project 333 – Quase um mês e algumas reflexões

No começo da semana, um amigo me perguntou “Mas Ligia, porquê você está fazendo esse desafio?”

Parei pra pensar. Realmente, por quê? Pensei, pensei, pensei, e abaixo coloco para vocês algumas das minhas reflexões.

“Você vai ficar 3 meses sem comprar roupa, e depois?”

Sim, vou ficar 3 meses sem comprar roupa e só estou usando 33 peças do meu armário, incluindo sapatos, bolsas, acessórios etc. Vou só usar 33 peças pro resto da minha vida? Não. Não vou ser hipócrita, adoro roupas, adoro variar meus looks, mas não faz nem um mês que comecei esse desafio e já me dei mais do que conta de que tenho MUITO mais do que realmente preciso. Mas muito mesmo. Dado isso, quando eu terminar o desafio, vou fazer um bazar/doar muitas roupas.

“E você vai continuar comprando roupa?”

Sim. Não vou falar que não vou porque gosto de comprar roupas. Agora, faz meses que não compro em fast fashion, e pretendo nunca mais comprar. O desafio maior não são roupas, porque adoro brechó, mas sim sapatos e bolsas, porque vários de brechó são de couro (antigamente não tinha opções sintéticas). Mas estou sempre buscando opções, e sempre que encontrar uma nova, vou postar aqui pra vocês!

Além disso, mesmo comprando em brechós vou tentar ser ainda mais consciente e comprar peças que realmente rendam MUITOS looks, pois também não adianta comprar uma peça que você só consegue usar de 1 jeito, não é mesmo? Alias, isso é algo que quero fazer também, pegar peças que as pessoas acham que só conseguem usar de um jeito e tentar usar de vários.

É isso. Pouco mais de 2 meses pela frente e várias reflexões por vir! E vocês, topariam esse desafio? O que acharam das minhas reflexões?

20170802_184317

 

20170802_184249

 

 

 

 

 

 

Vegano Shoes – opções veganas e bons preços

Estava lendo outro dia sobre como a cola de alguns tênis de corrida pode ser de origem animal (a maioria dos tênis em si são sintéticos, não existe tênis de corrida de couro), e, como faço academia e corro, logo pensei “meu deus, como vou fazer agora?”

Mas, nas minhas buscas pela internet, achei a Vegano Shoes, uma loja de sapatos e acessórios veganos que tem de tudo, desde botas até tênis de corrida.

Comprei o tênis abaixo:

vegano1

 

e também essa bota, que achei incrível pois ela é feita em lona 70% de algodão e 30% de pet reciclado!

 

vegano2.png

 

O frete é grátis e demora 5 dias úteis pra chegar, não vejo a hora!

Assim que chegar em casa volto aqui e conto tudo pra vocês! Enquanto isso, que tal entrar no site e dar uma olhada? 🙂

Insecta Shoes – sapatos ecológicos

Feliz ano novo, gente! Depois de um pequeno mas merecido descanso, estou de volta! 🙂

Hoje vou falar do sapato que ganhei do Pedro no Natal, da Insecta Shoes. É uma empresa que fabrica sapatos 100% veganos, a sola é de borracha reciclada e o tecido é feito usando tecidos de vestidos de brechó, ou seja, roupa usada.

IMG_20151223_221908391

Eles tem várias estampas e cores diferentes. O que eu ganhei é de âncora!

IMG_20151223_221754744_HDR

Na embalagem você também ganha um saquinho pra guardar o sapato (ou qualquer outra coisa) com a estampa da empresa

IMG_20151223_221812952

Vale a pena entrar e dar uma olhada no site! Sim, são caros, mas posso falar? Talvez o sapato mais confortável que eu já usei!